Vinho nacional pode ficar mais barato em Minas Gerais.

De acordo com o conselheiro do Ibravin e diretor executivo da Associação Gaúcha de Vinicultores (Agavi), Darci Dani, a medida deve reduzir os preços dos vinhos vendidos no Estado.

CLIPPING – valor do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) cobrado das vinícolas que vendem vinho para Minas Gerais pode cair em mais de 14%. A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Minas Gerais (Abrasel-MG) e o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) encaminharam solicitação à Secretaria da Fazenda em setembro, pedindo a adequação do regulamento do tributo para o vinho brasileiro vendido no Estado, além da redução da alíquota de ICMS para o setor de alimentação fora do lar (bares e restaurantes).

O resultado veio na forma do Decreto 46.616, publicado no dia 1º de outubro, reduzindo a Margem de Valor Agregado (MVA) que incidia sobre os vinhos de 102,11% para 72,25%.

De acordo com o conselheiro do Ibravin e diretor executivo da Associação Gaúcha de Vinicultores (Agavi), Darci Dani, a medida deve reduzir os preços dos vinhos vendidos no Estado. O dirigente exemplifica que, aplicando a MVA anterior, acrescida do percentual de 27% (ICMS do vinho em Minas Gerais), o valor do ICMS a pagar chegava a 54,5% do valor inicial. Com a nova MVA esse valor baixa para 46,5%. “Essa alteração permite que as empresas reduzam o seu preço de venda em aproximadamente 6%”, acredita.

Fonte: otempo.com.br | Foto: Divulgação

Saúde!
Marcelo Andrade

Anúncios

2 opiniões sobre “Vinho nacional pode ficar mais barato em Minas Gerais.

  1. OIá Marcelo! como vai? Muito legal essa reportagem sobre a redução do preço do vinho em MG. Os outros estados poderiam seguir esse exemplo.

    Marcelo tenho a seguinte dúvida: o termo champagne só pode ser usado aos que são produzidos na região de champagne-frança, correto?? mas e os espumantes produzidos nas outras regiões da frança, são chamados de champagne ou espumante??

    Curtir

    • Prezado Luiz. obrigado pelos elogios.

      É isso mesmo. O Champagne para ser chamado de Champagne só pode ser produzido dentro desta Denominação de Origem. Fora dela, é tudo espumante. Beleza?
      Continue interagindo conosco. Abs!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.