Crasto Superior Branco 2013 acaba de chegar ao mercado brasileiro

Crasto_Superior_Branco_2013

Produzido na vinícola Quinta do Crasto, na região do Douro, o vinho Crasto Superior Branco 2013 acaba de chegar ao mercado brasileiro. Um vinho que surpreende pelo seu equilíbrio e frescor! Elaborado a partir das castas Verdelho e Viosinho, de vinhas localizadas na Quinta da Cabreira propriedade da Quinta do Crasto no Douro Superior, é um vinho moderno, frutado e fácil de beber.

Sob supervisão do enólogo do Crasto Manuel Lobo, este vinho envelheceu em barricas de carvalho francês e acácia, onde permaneceu por seis meses, em processo de trabalho conhecido por “bâttonage” sem a incorporação de oxigênio – processo de suspensão das leveduras mortas, ou “borras finas”, que se depositam no fundo da barrica após a fermentação alcoólica. Foram produzidas 8.900 garrafas.

quinta do crasto

Crasto Superior Branco 2013 resultou de um trabalho de sete anos, em que o produtor procurou fazer um vinho que fosse agradável de beber “agora”, mas que também tivesse um potencial de envelhecimento em garrafa. Manuel Lobo garante que este resultado foi alcançado.

Importado com exclusividade pela Qualimpor, Crasto Superior Branco 2013 pode ser encontrado em empórios, restaurantes e supermercados de todo o país. Harmoniza bem com pratos mais estruturados feitos com peixes assados ou grelhados, como bacalhau ou salmão, carnes brancas e também com a gastronomia italiana.

Saúde!

Marcelo Andrade

 

Foto: Divulgação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.